Notícias Fecomercio

1 de fevereiro de 2018

Brasil perde 7,6 milhões de linhas móveis em 2017, diz Anatel


Esse é o terceiro ano seguido de queda no número de linhas móveis

No ano passado, o Brasil perdeu 7,6 milhões de linhas móveis, como celulares, placas de internet e chips usados em máquinas de cartão. É o que apontam os dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgados nesta quarta-feira (31).

Esse é o terceiro ano seguido de queda no número de linhas móveis. Em 2014, o País perdeu 22,9 milhões de linhas e, em 2015, 13,7 milhões.

De acordo com a Anatel, o Brasil fechou o ano passado com 236,5 milhões de linhas móveis em operações. Do total, 148,5 milhões são pré-pagos e 87,98 milhões pós-pagos.

Voltar para Notícias