Notícias locais

6 de setembro de 2018

Palestra eSocial


Sincomercio Marília promove palestra sobre o eSocial

Com objetivo de intensificar as informações e esclarecer dúvidas sobre o funcionamento do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial), o Sincomercio Marília promoveu na noite de 5 de setembro, a palestra “O Impacto do eSocial: fundamentos, tabelas e pontos críticos”.
Com a presença de empresários e contadores, o evento, promovido pelo Sincomercio Marília em parceria com a Marinho Advogados Associados e Promed – Saúde do Trabalhador e Perícias Médicas, foi conduzido por Rogério Canaciro, professor universitário e palestrante.
Durante a palestra, o público pode tirar dúvidas sobre como o sistema irá impactar as empresas ao unificar informações relativas aos trabalhadores como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais, informações sobre o FGTS, entre outros pontos.
“Para fiscalizar a empresa e, aumentar a eficiência da arrecadação, o Estado tem aumentado deveres instrumentais e, um desses deveres que vem sendo bastante discutidos é o eSocial. Para elucidar as dúvidas, o Sincomercio organizou essa palestra para auxiliar empresários e contadores do comércio varejista sobre esse tema que tem trazido muito desconforto, sobretudo por estar em sua etapa inicial” ressalta Daniela Marinho, responsável pelo departamento jurídico do Sincomercio Marília.
Segundo Pedro Pavão, presidente do Sincomercio Marília “A complexidade dessa ferramenta tem gerado muitas dúvidas e, dessa forma, discutir a implantação do eSocial e os impactos na rotina das empresas é de extrema importância para que todos possam se adequar corretamente. Agradecemos ao palestrante e nossos parceiros por trazer um conteúdo tão relevante para as empresas”, diz.

eSocial
O eSocial está sendo implantado em várias fases e para muitas empresas já é obrigatório. No caso de micro e pequenas empresas – que são aquelas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões – e Microempreendedores Individuais (MEI) – aqueles que possuam empregados – a obrigatoriedade de ingressar no sistema terá início em novembro de 2018.
A transmissão eletrônica desses dados visa simplificar a prestação das informações referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, de forma a reduzir a burocracia para as empresas.
A prestação das informações ao eSocial substituirá o preenchimento e a entrega de formulários e declarações separados a cada ente.

Pedro Pavão, presidente do Sincomercio Marília com o palestrante Rogério Canaciro e Diogo Cardoso Pereira da Promed - Saúde do Trabalhador e Perícias Médicas
Público presente na palestra sobre o eSocial realizada no Sincomercio Marília
Pedro Pavão, presidente do Sincomercio Marília e Diogo Cardoso Pereira da Promed - Saúde do Trabalhador e Perícias Médicas com Marilda Frigui de Oliveira Moreira, ganhadora do sorteio realizado durante a palestra
Pedro Pavão, presidente do Sincomercio Marília e Diogo Cardoso Pereira da Promed - Saúde do Trabalhador e Perícias Médicas com Luis Carlos Simões Rodrigues, ganhador do sorteio realizado durante a palestra
Voltar para Notícias